Andrey do Amaral: agente literário, autor, professor de literatura

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
Andrey do Amaral (1976), professor de literatura, licenciado em Letras com pós-graduação em Língua Portuguesa, Gestão Cultural, Educação a Distância, Acessibilidade Cultural e um MBA em Marketing. Com seu trabalho, recebeu — entre outros — prêmios da Fundação Biblioteca Nacional (2002), Ministério da Cultura (2008), Fundação Casa de Rui Barbosa (2010), Letras Nordestinas (2011). Além destes, a Vara de Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) concedeu-lhe um prêmio por suas iniciativas de projetos socioculturais (2014). Seus livros autorais foram publicados pela editora Ciência Moderna. Dedica-se à pesquisa da vida/obra do poeta paraibano Augusto dos Anjos. Presta consultoria sobre projetos sociais e editoriais, desenvolvendo produtos nessas áreas. Trabalhou nas Diretorias de Direitos Intelectuais e de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, ambas do MinC. É parecerista de projetos culturais do Ministério da Cultura, das Secretarias de Cultura do Distrito Federal e do Estado do Mato Grosso do Sul e dos municípios de Uruaçu-GO, Campo Grande-MS e Lages-SC. É também agente literário de grandes autores nacionais.

O que fazemos?

Venda de livros. Agenciamento literário sustentável, pensando em acessibilidade e no fomento cultural. Consultoria e representação. Promoções, matérias, reportagens, indicações, nossos autores agenciados, licitações, prêmios literários, orientação, dicas sobre publicação e muito mais.

Clique no banner e compre na Livraria Cultura

segunda-feira, 28 de maio de 2012

Feira do Livro: Três Pontos de Leitura premiados

Feira do Livro: Três Pontos de Leitura premiados
(18/05/2012 - 19:58)

Na noite desta quinta-feira, dia 17, no palco do Café da Feira do Livro, foi realizada a entrega da premiação Pontos de Leitura, onde os três primeiros projetos do convênio foram contemplados em Bento Gonçalves. Após uma rigorosa análise, foram selecionados os Pontos de Leitura Projeto Renascer - Associação Vale das Antas, Projeto Círculo da Leitura - Círculo Operário Bento-gonçalvense e Projeto Laços e Traços - Associação de Artesanato do Bairro Aparecida de Bento Gonçalves. O convênio é uma parceria do o Ministério da Cultura com a Prefeitura, Secretaria da Cultura e Biblioteca Pública Castro Alves, que irá beneficiar um total de 10 Pontos de Leitura do município. Na primeira fase, conforme o edital, três entidades tiveram seus projetos aprovados.
Representantes dos pontos e autoridades. (Fotos: Gustavo Bottega)

Na ocasião, foi lançado o 2º Edital do Prêmio Mais Cultura de Pontos de Leitura de Bento Gonçalves, onde mais sete projetos serão escolhidos. O representante do MinC Andrey do Amaral dos Santos gostou do que viu nos pontos avaliados. “Fiquei impressionado com trabalho desenvolvido aqui e fiquei apaixonado pela cidade”, disse ele, que recentemente fez uma visita técnica nos locais. Também marcaram presença o vice-prefeito Gentil Santalucia, o secretário da cultura Juliano Volpato, e o coordenador da Bilbioteca Pública e da Feira do Livro, Pedro Júnior da Fontoura.

Representante do MinC, Andrey do Amaral dos Santos.
O convênio total do Governo Federal irá destinar R$ 200 mil para distribuir entre 10 Pontos de Leitura no município, sendo R$ 20 mil cada um. Cada entidade deve utilizar a verba para as atividades de uma minibiblioteca, tanto compra de livros, mobiliário e computadores, como nas ações propostas. Dos R$ 200 mil do convênio, R$ 160 mil são provenientes do MinC, e R$ 40 mil são contrapartida da Prefeitura de Bento.

Secretaria de Cultura
Fonte: Site da Prefeitura de Bento Gonçalves/RS http://www.bentogoncalves.rs.gov.br/003/00301009.asp?ttCD_CHAVE=239537

PUBLICIDADE: Compre no Submarino clicando aqui