Andrey do Amaral: agente literário, autor, professor de literatura

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
Andrey do Amaral (1976), professor de literatura, licenciado em Letras com pós-graduação em Língua Portuguesa, Gestão Cultural, Educação a Distância, Acessibilidade Cultural e um MBA em Marketing. Com seu trabalho, recebeu — entre outros — prêmios da Fundação Biblioteca Nacional (2002), Ministério da Cultura (2008), Fundação Casa de Rui Barbosa (2010), Letras Nordestinas (2011). Além destes, a Vara de Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) concedeu-lhe um prêmio por suas iniciativas de projetos socioculturais (2014). Seus livros autorais foram publicados pela editora Ciência Moderna. Dedica-se à pesquisa da vida/obra do poeta paraibano Augusto dos Anjos. Presta consultoria sobre projetos sociais e editoriais, desenvolvendo produtos nessas áreas. Trabalhou nas Diretorias de Direitos Intelectuais e de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, ambas do MinC. É parecerista de projetos culturais do Ministério da Cultura, das Secretarias de Cultura do Distrito Federal e do Estado do Mato Grosso do Sul e dos municípios de Uruaçu-GO, Campo Grande-MS e Lages-SC. É também agente literário de grandes autores nacionais.

O que fazemos?

Venda de livros. Agenciamento literário sustentável, pensando em acessibilidade e no fomento cultural. Consultoria e representação. Promoções, matérias, reportagens, indicações, nossos autores agenciados, licitações, prêmios literários, orientação, dicas sobre publicação e muito mais.

Clique no banner e compre na Livraria Cultura

quinta-feira, 23 de dezembro de 2010

Carlos Maltz na CBN

Simone Magno, editora da coluna Tempo de Letras da rádio CBN, entrevistou nosso grande autor Carlos Maltz, que lança nacionalmente seu 1º livro Abilolado Mundo Novo.

qui, 23/12/10 por simone.magno | categoria Os livros de minha vida

O quadro desta semana é com o psicólogo e baterista Carlos Maltz, autor de Abilolado mundo novo (Via Lettera). Um dos fundadores dos Engenheiros do Hawaii, Maltz faz no livro um manifesto da filosofia pop.

TL – Qual o primeiro livro que marcou sua vida?

CM – Os Lusíadas, de Camões. Meu pai lia pra gente, pra gente dormir. O som deste idioma ficou impresso em minha alma. “Flor do Lácio, sambódromo, lusamérica, latim em pó… O que quer e o que pode essa língua…”

TL – Que livro mais mexeu com você?

CM – Admirável mundo novo, de Aldous Huxley. Li umas quatro vezes, cada vez li um livro diferente, e em todas elas, o impacto em minh’alma foi profundo… Com este livro, aprendi o poder que tem um livro… O quanto um livro pode impactar a alma e a consciência de alguém… Aqui, fiquei com vontade de escrever livros…

TL – O que está lendo agora?

CM – Estou mergulhando na obra de Dostoiévski… Para um projeto futuro… Como dizia Nietzsche, a obra deste cidadão russo é um dos melhores tratados sobre a alma humana que existem sobre a face da Terra.


...

Andrey do Amaral
agenciamento literário e consultoria


PUBLICIDADE: Compre no Submarino clicando aqui