Andrey do Amaral: agente literário, autor, professor de literatura

Minha foto
Brasília, Distrito Federal, Brazil
Andrey do Amaral (1976), professor de literatura, licenciado em Letras com pós-graduação em Língua Portuguesa, Gestão Cultural, Educação a Distância, Acessibilidade Cultural e um MBA em Marketing. Com seu trabalho, recebeu — entre outros — prêmios da Fundação Biblioteca Nacional (2002), Ministério da Cultura (2008), Fundação Casa de Rui Barbosa (2010), Letras Nordestinas (2011). Além destes, a Vara de Infância e Juventude do Tribunal de Justiça do Distrito Federal e Territórios (TJDFT) concedeu-lhe um prêmio por suas iniciativas de projetos socioculturais (2014). Seus livros autorais foram publicados pela editora Ciência Moderna. Dedica-se à pesquisa da vida/obra do poeta paraibano Augusto dos Anjos. Presta consultoria sobre projetos sociais e editoriais, desenvolvendo produtos nessas áreas. Trabalhou nas Diretorias de Direitos Intelectuais e de Livro, Leitura, Literatura e Bibliotecas, ambas do MinC. É parecerista de projetos culturais do Ministério da Cultura, das Secretarias de Cultura do Distrito Federal e do Estado do Mato Grosso do Sul e dos municípios de Uruaçu-GO, Campo Grande-MS e Lages-SC. É também agente literário de grandes autores nacionais.

O que fazemos?

Venda de livros. Agenciamento literário sustentável, pensando em acessibilidade e no fomento cultural. Consultoria e representação. Promoções, matérias, reportagens, indicações, nossos autores agenciados, licitações, prêmios literários, orientação, dicas sobre publicação e muito mais.

Clique no banner e compre na Livraria Cultura

sábado, 5 de setembro de 2009

Matéria sobre meu livro na Tribuna do Brasil

O novo Acordo Ortográfico com humor

O Novo (e divertido) Acordo Ortográfico, de Andrey do Amaral, responde com humor a questões como: Por que herói leva acento e heroico não? Se o trema foi abolido, por que nossa modelo Gisele Bündchen assina seu sobrenome com o sinal? Como fica o circunflexo? E o acento diferencial? O que é o uso facultativo do acento? As regras do hífen ficaram mais fáceis com a reforma? Além da ortografia, o som das palavras irá mudar também? Onde posso usar letra maiúscula? Muitos são os questionamentos, mas suas dúvidas serão esclarecidas aqui de forma prática e divertida. Para estudantes, professores ou interessados na língua portuguesa, este manual é prático, com uma linguagem bem acessível.

Mais do que se imagina, a língua portuguesa é falada em diversos países. Não apenas nos colonizados por Portugal. O nosso idioma cresce com a migração dos nossos patrícios. Segundo dados da Organização das Nações Unidas (ONU), o português é o quinto idioma mais falado no mundo. Nos Estados Unidos, por exemplo, já é, oficialmente, a terceira língua. É idioma oficial na União Europeia e no Mercosul. No Japão, há programas educacionais em escolas bilíngues (japonês/português). O governo canadense recebe milhares de brasileiros com sua política legal de imigração. Em Macau, na China, é possível perceber o vernáculo nas principais localidades. Isso tudo sem contar com o interesse de outras nações por nossa língua.

“Com o novo Acordo Ortográfico, nosso idioma ganha um ponto positivo na cultura mundial. Essa unificação é valorosa para os povos de língua portuguesa, a qual passa a fazer parte de um “circuito internacional”. Deixamos de ter uma mesma língua diferente para cada país e passamos a reunir em um só corpo o idioma mais bonito do mundo” – diz Andrey do Amaral. “Neste livro, você encontrará as mudanças do acordo e saberá como usá-las de maneira clara e divertida.”

Fonte : Tribuna do Brasil
Data : 31 de agosto de 2009
http://www.tribunadobrasil.com.br/?ned=2733&ntc=90555&sc=11

PUBLICIDADE: Compre no Submarino clicando aqui